A piscina, as taxas e os impostos…

Não sei se Maria de Lurdes Breu lê blogues. Calculo que não. Mas se lesse ia sorrir com o que foi escrito aqui e aqui. Foi no tempo dela na Câmara, que alguém teve a sensatez de perceber que uma piscina municipal era um equipamento útil e com relevância social. Lembro-me bem da sua construção e do impacto que teve na nossa realidade local. Lembro-me de a visitar no tempo da escola. Lembro-me dos jovens que aprenderam a nadar por lá. De outros que seguiram a competição. Dos mais velhos e da hidroginástica. Da imensa quantidade de pessoas (dezenas de milhares?) que passou pela nossa piscina municipal. E nada disto teria sido possível se alguém noutros tempos não tivesse pensado nesta obra supérflua e de regime.

Como também não teria sido possível se não fosse um investimento público. E o Portugal de 1986 era obviamente mais pobre do que o Portugal de 2007. E o Portugal de 1986 tinha obviamente mais carências do que o Portugal de 2007.

É óbvio que quem não pratica natação passa bem sem uma piscina. Da mesma forma, que quem não vai ao cinema ou ao teatro passa bem sem o Cine-Teatro. Ou quem não lê também passa bem sem a biblioteca. E será que uma biblioteca é um equipamento social de primeira necessidade? E será que um Cine-Teatro é um equipamento social de primeira necessidade? Será que não é mais importante deixar de ter taxas no lixo ou baixas significativas nos impostos municipais, ao invés de termos uma piscina, uma biblioteca ou um Cine-Teatro? E será que não se devia aplicar também aqui o princípio do utilizador pagador? Afinal, “um equipamento que apenas interessa a um determinado número de utilizadores, deve por esses ser, exclusivamente, pago”. Ora é o caso típico de um teatro, de uma biblioteca ou mesmo de uma piscina.

Afinal quem tem esses vícios burgueses do teatro, da piscina, do cinema, da leitura, devia pagar. É agora o povo sobrecarregado de taxas que anda a pagar essas coisas? Afinal o povo nem sequer vai ao cinema, nem à piscina, nem o teatro, nem à biblioteca. Afinal, se formos a ver bem “a grande maioria da população” não retira qualquer benefício do teatro, nem da biblioteca, nem da piscina, embora esta última em comparação com o teatro e a biblioteca até é capaz de ganhar em número de utilizadores. Mas enfim isto só eu a dizer.

Portanto, se o princípio da relevância social é o nº de utilizadores então concordo que uma nova piscina é uma obra supérflua. Afinal a grande maioria da população não a usa. Mas por esse critério penso que também devíamos fechar a biblioteca e o Cine-Teatro, que foram duas despesas grandes no erário público.

E para que precisamos nós da piscina? Afinal quem quiser pode ir à Albergaria ou a Aveiro. O mesmo com o Cine-Teatro. Quem quiser cinema ou teatro vai a Aveiro. E a biblioteca a mesma coisa. Não faltam bibliotecas à nossa volta. Ou seja, constato que andamos estes anos todos a fazer obras supérfluas e de regime. Empreitadas que nos consumiram os fundos públicos. Empreitadas para satisfazer o “lobie da construção”. Ou melhor dizendo “betonadas” que o povo pouca usa.

Por acaso, discordo. Acho que uma piscina faz falta, como faz falta uma biblioteca ou um teatro. Mas claro isto só eu a dizer. O lobie da construção. Porque se formos a ver bem, o povo está-se nas tintas para a piscina, para a biblioteca ou para o teatro. Se formos a ver bem era melhor não pagar impostos municipais e com dinheiro da sobra fazer uma piscina em casa, ou uma boa biblioteca ou uma pequena sala de cinema com som envolvente. Assim acabavam as grandes “betonadas” públicas. E dávamos melhor proveito ao dinheiro dos impostos. Mas claro isto só eu a dizer mais uma vez. O tipo que anda a defender as obras do regime. Porque se fosse pela filosofia reinante, nem piscina, nem teatro, nem biblioteca. E vivíamos todos mais felizes. Sem taxas, nem impostos, nem obras de regime.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s